Área de concentração

A área de concentração do PPGE é ensino, identidade e cultura escolar.

As especificidades educativas, identitárias e culturais encontram no PPGE o lócus de reconhecimento do seu valor no âmbito da Educação Básica e Superior, como fenômenos de estudos, pesquisas e produções, dada a riqueza que representam nesta região à medida que sustentam a existência de sujeitos de saberes e experiências diferenciados e diversificados. Assim, estabelece-se interlocução com as áreas geradoras dos conhecimentos ensinados e apreendidos nas práticas educativas e culturais na escola e em ambientes não formais.

A área de concentração d PPGE está voltada ao ensino na Educação Básica e Superior, uma vez que permitirá mediação do conhecimento escolar e educacional ao alcance de seus profissionais que trabalham diretamente nas realidades locais, estimulando-os a construírem conhecimentos científicos, filosóficos e culturais, a fim de contribuir para a transformação qualitativa de práticas educacionais. Com isso, espera-se promover o respeito e a valorização das diferentes identidades e práticas educativas e culturais que formam o cenário regional e territorial de populações do campo e urbanas na relação totalidade-mundo.

Para tanto, propõem-se reflexões que levem em consideração estudos e investigações a partir da valorização das experiências profissionais na Educação Básica e Superior, caracterizadas nas mais diversas bases curriculares e suas relações com a cultura, trazidas no formato de projetos de pesquisa pelos futuros pós-graduandos. O conhecimento a ser produzido no âmbito do programa, pauta-se em categorias epistemológicas, propondo pesquisas e produções que se colocam no enfrentamento de problemáticas educacionais locais inter-relacionadas com a totalidade-mundo.

Nessa conjuntura, faz-se mister a inserção crítica e política da UFOB no processo de redirecionamento e aprofundamento de estudos sobre a educação como prática social e fenômeno cultural, tanto por meio da formação de docentes nas licenciaturas como pela formação continuada de profissionais da educação.

A relação entre ensino, identidade e cultura escolar explicita o compromisso da UFOB, como instituição de educação pública que se coloca na defesa dos processos educativos que priorizam a constituição de inter-relações heterogêneas e horizontais entre as diversidades regionais e territoriais. Trata-se, ainda, de assumir politicamente um papel ético e de compromisso social junto à Educação Básica e Superior no combate a diversos tipos de exclusões.

Ao lado das questões culturais regionais, o foco na cultura escolar amplia o escopo de estudos na medida em que compreende as políticas, práticas, sujeitos e processos que engendram os cotidianos escolares como fenômenos da cultura, forjando uma ambiência institucional singular. Esse foco compreende o estudo ampliado das formas de significação e organização do espaço tempo escolar em sua multiplicidade, contemplando desde fenômenos na escala dos processos políticos organizacionais, até aspectos da prática cotidiana de ensino, que constituem modos de ser da escola na contemporaneidade. Ao entender tais processos como fenômenos no âmbito da cultura escolar que lhe conferem uma identidade específica, a área de concentração compreende-os como formas de significação contingentes, nunca absolutos e dados de uma vez por todas, o que possibilita reafirmá-los e/ou problematizá-los em seu modo de organização da vida escolar.

Topo
JSN Blank template designed by JoomlaShine.com